BLOG METAMORFOSE rabiscos de Anna

Complexidade, conflitos, arquétipos, riqueza interior…

Refletindo sobre a complexidade do ser humano, acho que cheguei a uma conclusão… Esta vasta complexidade interna é um reservatório imenso de potenciais e, com certeza, de uma riqueza extraordinária, onde podem coabitar diversos arquétipos. Esses arquétipos podem ser dos mais variados possíveis, e até mesmo contraditórios. Por causa disso, muitas vezes, o conflito se instalará se não tomarmos cuidado. …

Artigos

A pressa que nos consome

Uma tarde de domingo e você sai para passear em algum lugar tranquilo cercado de natureza… Um parque da sua cidade, ou mesmo uma rua mais arborizada perto da sua casa. Você faz isso buscando se aquietar depois de uma semana intensa de compromissos de trabalho, sociais e de internet (claro, quem consegue ficar longe dela hoje em dia?!) Ah, …

Artigos

E ela fazia o que podia…

E ela fazia o que podia… Tentava, tentava, tentava, e fazia o que podia. Plantava, colhia, plantava, colhia… Mas nunca colhia o que dizia realmente querer. Talvez não usasse as sementes certas… Talvez não cuidasse o suficiente do seu plantio. Como queria ter um belo e florido jardim se não lhe dedicava tempo suficiente? Muitas vezes preferia se transformar numa …

Poema

Poetizando…

SEM NOME As coisas que ouço de ti são mais profanas do que teus gestos obscenos Me mostra agora a língua ferina Me mostra agora as tuas cores malditas Se espelham em mim pessoas vazias Ocas por dentro, de fé e amor Chame mais uma vez pelo nome daquela que te salvará E vira novamente as costas para aquela que …

Poesia

Um coração solitário

O coração de um solitário é repleto de sonhos e desejos É rico em sentimentos e experiências muitas vezes vividas apenas em sua imaginação É recheado de uma profundidade sem fim e de uma imensa intensidade Muitas vezes é pleno e sereno; outras vezes é inquieto e insatisfeito Traz amor, paixão, dores,dissabores, verdades, frustrações e enormes tesouros escondidos esperando para …

Poema

Lua minguante

Bem-vinda, ó lua partida! Lua que me equilibra Que me harmoniza Que me sereniza Tua magia e sabedoria caminham juntas dentro de mim Tua força escondida nos recantos mais sombrios Me inspiram a ver-me como realmente sou. Meu retrato é o teu retrato, ó lua querida! Estar só, fazer só, ser só… Somente só. Solamente na lua minguante Que me …

Artigos

O poder da faxina

Era época de lua cheia e eu havia tirado uma tarde para fazer uma faxina no quarto da minha filha mais nova. Foi daquelas faxinas de entrar nos armários, colocar tudo para fora e fazer uma triagem. Jogar muita coisa fora, separar muita coisa para dar, tentar abrir alguns espaços… É algo cansativo, que nunca se acaba no mesmo dia, …

Translate »