Poema

Inspiração

 

A Inspiração me deixou por uns dias
Aflita fiquei e me isolei
Mas ela morta de saudade
Não aguentou a distância e voltou.
Voluptuosa chegou e me assolou
Me pegava, me rendia e não me deixava parar
Gozo após gozo ela queria mais
Até que a tinta da caneta acabou
E minha Inspiração por um tempo cochilou.
Anna Leão (favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este poema)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »