Poema

Meu nome é Lua

Vem a mim, amada Lua
Vem resplandecer o meu olhar
Vem me fazer amar melhor
Me banhando com a prata de tua luz
Vem a mim, amada Mãe
Deixa eu te retratar em minha existência
Deixa eu brilhar como teu espelho
Alcançando a magia que emanas
Vem a mim, minha Irmã
Lua no céu estrelado
Lua por entre as brumas
Lua oculta, negra e nua
Faz de mim tua lembrança
Faz de mim sacerdotisa
Faz de mim tua presença
Espalhando encanto e beleza.
Anna Leão ( favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este poema)
Meu nome é Lua
Vem a mim, amada Lua
Vem resplandescer o meu olhar
Vem me fazer amar melhor
Me banhando com a prata de tua luz
Vem a mim, amada Mãe
Deixa eu te retratar em minha existência
Deixa eu brilhar como teu espelho
Alcançando a magia que emanas
Vem a mim, minha Irmã
Lua no céu estrelado
Lua por entre as brumas
Lua oculta, negra e nua
Faz de mim tua lembrança
Faz de mim sacerdotiza
Faz de mim tua presença
Espalhando  encanto e beleza.
Anna Leão. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »