Poesia

Um coração solitário

O coração de um solitário é repleto de sonhos e desejos
É rico em sentimentos e experiências muitas vezes vividas apenas em sua imaginação
É recheado de uma profundidade sem fim e de uma imensa intensidade
Muitas vezes é pleno e sereno; outras vezes é inquieto e insatisfeito
Traz amor, paixão, dores,dissabores, verdades, frustrações e enormes tesouros escondidos esperando para serem descobertos

Sim, um coração de um solitário é extremamente majestoso e completo…Ou quase completo…
Pelo menos ele pensa que é… Ou finge que é…
E por isso muitas vezes se inquieta, a procura de algo ou alguém para o completar
Mas não precisa disso, o que ele precisa é se doar e toda riqueza que habita em seu peito
No fundo ele quer trocar… Trocar, trocar, trocar, cada vez mais
Porém, em sua busca, algumas vezes, ele encontra quem só quer usurpar
Ou, então, outros corações solitários que ainda não perceberam que também querem trocar
E com isso ele continua seu caminho solitário, na esperança de um dia, talvez, encontrar…

Anna Leão (favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este poema)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »