Poema

Azul (Ou… Saindo do vermelho)

Azul do céu 
Azul do  mar
Azul da calma e da serenidade 
Azul turquesa 
Azul das Deusas
Azul da alma e da franqueza. 
Azul! Cor mais linda que há!
Cor que me faz criar!
Azul anil, como os teus olhos
Preciso da tua força 
Para equilibrar minha mente, minhas emoções
Oh azul, cor da felicidade e pureza,
Faz as pazes comigo e me deixa te amar de novo!


Por Anna Leão (favor mencionar a autoria e a fonte ao reproduzir este poema)




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »