Mulher poema. poesia

Eu, Mulher!


Fluo com a água
Que me inspira emoções
Ascendo com o fogo
Que impulsiona minhas paixões
Me assento com a terra
Que me deixa no eixo
Viajo com o ar
Que me dá direção.
Sou brejeira, faceira, feiticeira
Felina e Mulher
Amo, me expando e me encanto
O mundo é meu
E eu o conduzo
Minha alma repleta de mistérios
Me fascina e me instiga
Quero mais, muito mais
Quero a vida inteira e certeira
Quero sonhos realizados
E o mundo transformado
Quero percorrer caminhos desconhecidos
E reencontrar rostos perdidos
Quero viajar no tempo e no espaço
Quero sorrir de novo
Com mais vida, mais luz e mais garra!

Anna Leão.Todos os direitos reservados.

(5) Comments

  1. Anônimo says:

    Minha linda,

    nem preciso dizer o quanto amo essa sua foto… mas, ainda assim, me repito há anos… desde que vi essa imagem pela primeira vez.

    E não é que vc está certa: é mesmo uma piteira! rsrsrs

    Não sei porque tenho sempre a sensação de que vc tem uma rosa nos lábios…

    A poesia é linda e se encaixa perfeitamente à imagem – ou a imagem à poesia.

    Adoro quando as mulheres mostram toda essa feminilidade em fotos ousadas – para uns – e sensíveis – para outros.

    Parabéns à modelo (vc) e ao fotógrafo (o Dado)!

    Tenho certeza de que sua LUA, sua VÊNUS e sua LILITH estão adorando todo esse seu feminino e sensual movimento!

    Beijo grande e muitas bênçãos,
    Lydiah.

  2. Anna Leão says:

    Lydiah querida, OBRIGADA!!!!!!

    …e obrigada de novo pelo incentivo!!!

    Beijo grande e muitas bênçãos!!!!

    Anna

  3. Anônimo says:

    Que lindas !!!!! A mulher e a poesia!!!Vc é muito querida por mim, vc sabe. Uma amiga muito especial. Mil bjos.

  4. Anna Leão says:

    Obrigada,ANÔNIMO!
    Mas eu não posso saber que sou querida por vc, já q vc não disse quem é …

  5. Dado Carneiro says:

    vc sabe quem sou sim…sou o autor dessa foto seu amigo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »