poema. poesia

FILHA DA NOITE

De Metamorfose

Filha da Noite eu sou
Adorando estrelas que me enaltecem
Entoando mantras que me levam aos Céus

A Lua me convida a encantar
Me corteja com sua magia
E me chama para bailar

Em volta de uma fogueira
Danço a Noite que me pariu
Seduzo a mim mesma com as labaredas do fogo viril

Noite, Noite, Noite, sou tua filha!
Danço por ti!
Danço em ti!
Danço contigo!

Não tenho medo das criaturas da Noite
Vísivel e e invisível são meus amigos
Voo noturno, voo de bruxa, é o meu prazer

Bem perto da Lua em uma noite eu cheguei
Dourada ela estava e a mim consagrou
Majestosa Lua cheia meus medos curou

Sou Lua, estrela, criança, felina
Sou sangue, mulher, Deusa e rainha

Meu corpo é sagrado
Meu corpo é altar
Adorando os mistérios que a Noite me dá.

Sou filha da Noite
Sou clara e escura
Sou filha da Noite
O beijo e a magia!

Anna Leão. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »