Poesia

Lua amarela

A lua amarela veio me visitar
Em uma noite quente de verão, olho para o céu e a vejo
Linda, brilhante, redonda e majestosa
Abriga o sol dourado em seu ventre
Lua danada, safada e caprichosa
Me enche de glamour, fervor e ardor
E as horas não passam enquanto espero o meu amor
É nessa lua que gozo o gozo da mulher madura
Fatal, selvagem, jubilosa
Sereia certeira que encanta com seu canto
Louvando essa lua que os males espanta
.
Por Anna Leão (Favor mencionar fonte e autoria ao reproduzir este poema)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »