A Rainha da Floresta - A Deusa da Terra Anna Leão

“Natureza – a terceira grande virtude.”

“… Eu ainda vejo um pouco da princesa do Reino das Joias em você. Alguns não a vêm mais, mas eu ainda a vejo. E você precisa deixar ela ir embora de vez, pois a Rainha precisa reinar majestosamente. Para isto você precisa se tornar mulher!
— Mas eu sou mulher…
— Você já teve um homem, Anaís?
— Como?
— Isto mesmo que você entendeu? Você já se deitou com um homem?
Anaís encabulou-se e constrangida falou:
— Ah, Homem Verde, eu não posso estar falando isto aqui com você…
— Não?! Por que não? Como você quer estar conectada com a Natureza, se não está ainda conectada com a sua própria natureza. O amor carnal, o sexo, é Natureza! E das mais profundas e sublimes. Ele a leva das entranhas da Terra ao Céu!
Anaís ruborizada falou:
— Nossa! Eu não esperava ter essa conversa aqui, ainda mais com um homem…
— Eu não sou simplesmente um homem, Anaís. Eu sou a parte vital, selvagem, fertilizadora e livre da Natureza, incluindo a sua!
— Eu sei. Desculpe-me…
— A sexualidade, Anaís, é algo muito importante e positiva para todos. Ela é vida, e por isso é sagrada, como tudo que há! Se conecte com a sua sexualidade. Deixe-a aflorar por todo o seu ser. Ela é uma energia muito poderosa e precisa ser reconhecida e expressa. Sinta-a, apenas sinta-a, que o resto virá naturalmente.
— Que resto? — perguntou Anaís ainda constrangida.
— O encontro com um homem. O homem que você vai escolher. Se é que já não escolheu…
— Ah, Jim…
— Sim. Você não o ama?
— Mas ele não me ama.
— Você não sabe. E ainda pode vir a amá-la. Lembra que antes de você se tornar A Rainha da Floresta ele a chamou de menina tola e deslumbrada?
— Claro que lembro! Fiquei tão irritada!
— E ele disse que não via um brilho de mulher dentro de você…
— Sim…
— Era sobre isso que ele falava. Sobre ser mulher, sobre vivenciar a sua sexualidade. Isto deixa a mulher completa, inteira em si mesma! Ele, um homem já feito, um mago, não podia compreender o comando de uma floresta daquelas a uma menina.
— Eu não sou uma menina, já sou uma moça…
O Homem Verde deu uma gargalhada amistosa.
— Você responde para mim o mesmo que respondeu para ele!
— Oh!
— Anaís, eu só digo a você que se afine mais com as energias da sua própria natureza. É só isso que falta. Sinta-a, se conecte a ela, respeite-a, respeite seus ciclos, apenas isso, não reprima suas energias. A Rainha da Floresta tem que estar inteira com a Natureza, começando pela própria. Agora você precisa ir.
— Eu vim aprender mais uma virtude com você, não foi, Homem Verde?
— Sim. A Natureza é a terceira das três grandes virtudes. A sintonia com ela, o respeito a ela são de vital importância para o equilíbrio, tanto interno, quanto externo. Não esquecendo que você também é Natureza. Agora, Anaís, siga aquela trilha que você chegará até Jim — falou o Homem Verde apontando o dedo para o caminho que ficava atrás de Anaís.

( Trecho de A Rainha da Floresta e a Deusa da Terra, Anna Leão. Todos os direitos reservados.)

Para adquirir o livro clique AQUI

 

(1) Comment

  1. Olá, achei o Blog interessante, e aproveitando, gostaria que visitasse o meu “Diferente Metamorfose”, variados temas, com mais de 37.000 visitantes…
    http://diferentemetamorfose.blogspot.com.br/

    Obrigada pela atenção ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »