Poema Poesia

OLHOS AZUIS

Passando tardes entristecidas
Sozinha em um banco de areia
Senti a falta dos meus anseios
Senti a falta dos meus pecados

Não acredito em pecados
Pecados são desculpas para não acontecer
Coisas incríveis que posso viver
Coisas incríveis que quero fazer

Olhos Azuis venha para mim
Me encante com os teus poemas
Me transtorne com a tua mágica
Quebra o silêncio no meu coração
E me ajuda a pecar sem pecar.

Anna Leão
.Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »