Mostrando 41 Resultado(s)
BLOG METAMORFOSE poema. poesia

Recomeço

  Acariciei a parte mais macia de mim mesma com os teus beijos Abracei em meu colo cada palavra dita por ti em momentos de êxtase Solucei cada frase de despedida que fui obrigada a dizer Enfrentei meus demônios e anjos sem saber a qual deles escolher. Dedilhei cada tecla do meu piano na esperança de uma melodia que me …

Crianca magica, poema de Anna de Leao
BLOG METAMORFOSE Poema

Criança Mágica

Criança Mágica Nas águas do meu útero sinto uma criança crescer Ela vem de reinos mágicos, ela vem do Reino do Amor Fincar os pés na Terra para me fazer crescer Para me fazer cumprir meu destino Para me ajudar a não desviar nos trilhos da minha existência. Anna de Leão (Favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este poema) Leituras: …

BLOG METAMORFOSE rabiscos de Anna

Quando o amor bater à porta…

Quando o amor bater à porta, quero estar serena e tranquila para recebê-lo Quero estar despida de preconceitos, receitas e pormenores Quero estar inteira, feliz e preenchida.   Quando o amor bater à porta, quero estar de posse de mim mesma Quero já ter me despedido de traumas e bloqueios Quero poder apreciá-lo com o frescor de uma nova vida, …

BLOG METAMORFOSE Poesia

Transparência

Pequenas nuvens turvam o meu pensamento Procurando esquecer o pesar do meu sofrimento Vivenciando o passado arrependido de um breve momento Para poder dissecar ainda com angústia o torpor de um  sentimento   Faz-me descer desse céu cinzento para eu enxergar a luz Faz-me revirar minhas certezas e incertezas para eu encontrar a luz Faz-me desistir do que não tem …

Poesia

Um coração solitário

O coração de um solitário é repleto de sonhos e desejos É rico em sentimentos e experiências muitas vezes vividas apenas em sua imaginação É recheado de uma profundidade sem fim e de uma imensa intensidade Muitas vezes é pleno e sereno; outras vezes é inquieto e insatisfeito Traz amor, paixão, dores,dissabores, verdades, frustrações e enormes tesouros escondidos esperando para …

BLOG METAMORFOSE Poema

Lua minguante

Bem-vinda, ó lua partida! Lua que me equilibra Que me harmoniza Que me sereniza Tua magia e sabedoria caminham juntas dentro de mim Tua força escondida nos recantos mais sombrios Me inspiram a ver-me como realmente sou. Meu retrato é o teu retrato, ó lua querida! Estar só, fazer só, ser só… Somente só. Solamente na lua minguante Que me …

Translate »